Pular para o conteúdo principal

Confraria de Nossa Senhora do Rosário de Fátima


1. A Confraria.  A Confraria de Nossa Senhora do Rosário de Fátima ou Confraternidade do Rosário, erigida no dia 13 de Maio de 2017, em honra do Seu Centenário, é constituída e mantida por leigos consagrados a Santíssima Virgem Maria conforme o Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem e que desejam estar sob a autoridade de Nossa Senhora do Rosário de Fátima ("Se fizerem o que Eu vos disser salvar-se-ão muitas almas e terão paz")
Nos propomos a cumprir pessoalmente, com a graça de Deus, as práticas de devoção ensinadas por Nossa Senhora em Fátima: Rosário ou Terço diário, Escapulário de Nossa Senhora do Carmo e Devoção Reparadora dos 5 Primeiros Sábados; e por São Luiz Maria Grignion de Montfort que recomendou práticas internas e externas de devoção, como a participação em Confrarias. Nos propomos coletivamente a propagar o Rosário, o Escapulário, a Devoção Reparadora ao Imaculado Coração dos 5 Primeiros Sábados e a Consagração a Maria por todo o mundo.

"Sicut sagittae in manu potentis"

O Batismo nos transformou em escravos de Jesus Cristo e só devemos viver, trabalhar e morrer para produzir frutos para Deus (Rm 7,4), glorificá-lo em nosso corpo e fazê-lo reinar em nossa alma, pois somos sua conquista, seu povo adquirido, sua herança.

Como verdadeiros discípulos de Jesus Cristo (Servus Christi) terão na boca a espada de dois gumes da Palavra de Deus, na mão direita o Crucifíxo e na mão esquerda o Santíssimo Rosário. No coração os nomes de Jesus e Maria e em toda a sua conduta a modéstia e a mortificação de Jesus Cristo.

" Creati in operibus bonis in Christo Iesu"

 A Consagração a Jesus por Maria consiste em dar-se inteiramente a Maria para ser inteiramente de Jesus, ou seja: 

(1) Nosso corpo com seus sentidos e seus membros;
(2) A nossa alma com todas as suas faculdades;
(3) Nossos bens materiais e tudo o que venhamos a adquirir no futuro;
(4) Os nossos bens interiores e espirituais, isto é, os nossos méritos, nossas virtudes e nossas boas obras passadas, presente e futuras.

"Per Mariam ad Christum accedimus, et per Christum gratiam Spiritus Sancti invenimus" (São Boaventura). 

Para compreender em toda sua plenitude a Consagração é importante ler, não uma, mas muitas vezes, o Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem de São Luis Maria Grignion de Montfort.

2. Propósito.

(A) FAZER A CONSAGRAÇÃO de si mesmo a Jesus por Maria conforme ensinado por São Luis Maria Grignion de Montfort no Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem. Preparar-se com seriedade e escolher para fazer a Consagração alguma das festas dedicadas a Nossa Senhora. O distintivo da Confraria é o Escapulário castanho de Nossa Senhora do Carmo. "Traham eos in vinculis caritatis" (Os 11, 4). Nos últimos tempos Jesus atrairá especialmente os predestinados pelas cadeias da caridade. “Um dia, através do Rosário e do Escapulário, salvarei o mundo,” disse a Santíssima Virgem Maria a S. Domingos. 

(B) Renovar a Consagração diariamente com fidelidade começando e terminando o dia com as palavras: "Eu sou todo vosso, e tudo o que tenho vos pertence, meu amável Jesus, por Maria, vossa Mãe Santíssima""Tuus totus ego sum, et omnia mea tua sunt".  E de forma mais perfeita e solene todos os anos na data da primeira Consagração.

(C) Fazer todas as ações por Maria, com Maria, em Maria e para Maria. Como ensinado no Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem: Práticas especiais e interiores para os que querem tornar-se perfeitos. Recomenda-se o uso com confiança da Medalha Milagrosa. Aos Sábados em honra da Santíssima Virgem recomendamos dar esmolas, jejuar, visitar as imagens de Nossa Senhora ou fazer alguma obra de caridade.

(D) Recitar todos os dias de sua vida a Coroinha da Santíssima Virgem e ao terminar diz-se o Sub tuum praesidium. Em honra dos doze privilégios e grandezas da Santíssima Virgem. Esta prática é muito antiga e tem seu fundamento na Sagrada Escritura. São João viu uma Mulher coroada de doze estrelas, vestida do sol e tendo a lua debaixo de seus pés (Ap 12, 1). Ler cada dia um trecho de um livro que fale das Glórias de Maria.

(E) Recitar frequentemente o Magnificat, que é o maior sacrifício de louvor que Deus já recebeu na lei da graça. É a única oração e a única obra composta por Maria. Recitaremos para agradecer a Deus pelas graças que concedeu a Santíssima Virgem. Recomenda-se o Ofício da Imaculada Conceição e o Ave Maristella.

(F) REZAR O TERÇO TODOS OS DIAS DE SUA VIDA, e até, se houver tempo, o Santíssimo Rosário. Ter grande devoção ao recitar a Saudação Angélica. "Qui seminat in benedictionibus, de benedictionibus et metet" (2 Cor 9, 6). Ler e divulgar os escritos do Santíssimo Rosário e da Escravidão de Jesus por Maria.

(G) DEVOÇÃO REPARADORA AO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA nos 5 primeiros sábados com a Confissão reparadora, Comunhão reparadora, recitar um Terço e meditar por 15 minutos nos 15 Mistérios do Rosário.

(H) Meditação sobre os Novíssimos, "Em todas as tuas obras, lembra-te dos teus novíssimos, e jamais pecarás". (Eclo 7,40).


3. A participação. A participação se faz após a petição da inscrição no livro de registro da Confraria de Nossa Senhora do Rosário de Fátima.

Nome completo:
Data de nascimento:

Data do primeiro dia da Consagração a Jesus por Maria de acordo com o Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem:.....................

Conforme incentivo do Papa São Pio X que recomendou a leitura do Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem dando sua bênção apostólica a todos os que fizerem a Consagração venho pedir a inscrição no livro de registro da Confraria de Nossa Senhora do Rosário de Fátima concordando com todos os itens e me proponho a cumpri-los, principalmente rezar o Santo Terço todos os dias, usar o Escapulário de Nossa Senhora do Carmo e colocar em prática a Devoção Reparadora dos 5 Primeiros Sábados, desejo perseverar com a graça de Deus.
Data e local:

Enviar para: confrariademaria@hotmail.com

4. Privilégios. (A) Os inscritos no livro de registro da Confraria participam dos bens espirituais sob a comunhão dos Santos. Os méritos das obras dos Santos são todos comuns, na vida eterna e na vida mortal e não apenas na participação comunitária, mas também naquela pessoal. Que os fiéis membros escravos de Jesus por Maria sejam habituados a rezar diariamente o Santo Terço e a usarem o Escapulário. Se alguma vez alguém o omitir, é justo que este seja privado dos méritos por aquele dia ou por aqueles dias. Se no dia seguinte retornar às orações, retornará na partilha dos méritos comuns aos mesmos. (B) Uma Santa Missa de São Pio V será celebrada para todos os fiéis membros inscritos no registro da Confraria todos os meses, especialmente nos primeiros sábados. Todos os anos celebrarão três Santas Missas em honra da Santa Cruz, em honra a Nossa Senhora do Rosário de Fátima ou da Imaculada Conceição e uma terceira pelos mortos da Confraria.

5. Administração do Registro. A administração do registro é confiada a fiéis membros da Confraria com a orientação de um Sacerdote Católico.

6. Obrigação. Que na Confraria de Nossa Senhora do Rosário de Fátima não se admita nenhuma obrigação, de qualquer natureza, sob pena de afastamento. As doações mensais são voluntárias e altruístas.

7. A Principal Festa*. Os escravos de Jesus por Maria devem ter uma grande estima pelo Mistério da Encarnação, celebrado solenemente no dia 25 de março. 

(A) Para honrar e imitar a dependência que Jesus escolheu ter em Maria, para a glória de seu Pai e para a nossa salvação.

(B) Para agradecer a Deus pelas graças incomparáveis ​​que concedeu a Maria, e, principalmente por tê-la escolhido para Sua Mãe digníssima, escolha feita neste mistério.

*Todas as Festas dedicadas a Nossa Senhora serão solenemente honradas principalmente: Dia de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, 13 de Maio; Dia do Imaculado Coração de Maria, 22 de Agosto; Dia de Nossa Senhora do Rosário, 7 de Outubro; Dia da Imaculada Conceição, dia 08 de Dezembro.



Saiba Mais:











Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dogma da Imaculada Conceição - IMPORTANTE!

Bula "Ineffabilis Deus" - Dogma da Imaculada Conceição, Papa Pio IX  Posição e privilégios de Maria nos desígnios de Deus 1. Deus inefável, "cuja conduta toda é bondade e fidelidade", cuja vontade é onipotente, e cuja sabedoria "se estende com poder de um extremo ao outro (do mundo), e tudo governa com bondade", tendo previsto desde toda a eternidade a triste ruína de todo o gênero humano que derivaria do pecado de Adão, com desígnio oculto aos séculos, decretou realizar a obra primitiva da sua bondade com um mistério ainda mais profundo, mediante a Encarnação do Verbo. Porque, induzido ao pecado — contra o propósito da divina misericórdia — pela astúcia e pela malícia do demônio, o homem não devia mais perecer; antes, a queda da natureza do primeiro Adão devia ser reparada com melhor fortuna no segundo. 2. Assim Deus, desde o princ í pio e antes dos s é culos, escolheu e pr é -ordenou para seu Filho uma M ã e, na qual Ele se encarnaria, e d

O Rosário de Nossa Senhora

INGRUENTIUM MALORUM DO SUMO PONTÍFICE PAPA PIO XII SOBRE A RECITAÇÃO DO ROSÁRIO  INTRODUÇÃO 1. Nunca, desde que, por desígnio da divina Providência, fomos elevados à suprema cátedra de Pedro, à vista das ameaças do mal, deixamos de contar ao seguro patrocínio da Mãe de Deus a sorte da família humana, tendo publicado, como bem sabeis, por mais de uma vez, cartas de exortação a este propósito. É patente, veneráveis irmãos, com quanto empenho, entusiasmo e união de almas, o povo cristão tenha correspondido às nossas exortações por toda a parte. Assim o têm esplendidamente mostrado, repetidas vezes, os grandiosos espetáculos de fé e de amor para com a augusta Rainha do Céu, principalmente aquela manifestação de alegria universal que nos foi dado, por assim dizer, contemplar com os nossos olhos, quando, no ano passado, circundados de inúmera multidão, proclamamos solenemente, da Praça de São Pedro, a assunção da virgem Maria em corpo e alma ao Céu.

Adeste Fideles

https://linktr.ee/confraternidadedorosario   Adeste, Fideles Adeste fideles laeti triumphantes Venite, venite in Bethlehem Natum videte regem angelorum Venite, adoremus Venite, adoremus Venite, adoremus, Dominum! Deum de Deo, lumen de lumine Gestant puellae viscera Deum verum, genitum non factum Venite, adoremus Venite, adoremus Venite, adoremus, Dominum! (Cantet nunc io chorus angelorum Cantet nunc aula caelestium) Gloria in excelsis Deo! Venite, adoremus Venite, adoremus Venite, adoremus, Dominum! Venham, Fiéis Vinde,fiéis, alegres e triunfantes Vinde, vinde para Belém! Vede o nascido, rei dos anjos Vinde, adoremos Vinde, adoremos Vinde, adoremos o Senhor Deus de Deus, luz de luz Lhe gestam entranhas de menina Deus verdadeiro, gerado, não criado Vinde, adoremos Vinda, adoremos Vinde, adoremos o Senhor (Cante agora o refrão dos anjos E cantam a corte celestial) "Glória a Deus nas alturas!" Vinde, adoremos Vinda, adoremos Vinde, adoremos